TODAS AS NOTÍCIAS

20 Mai de 2021, 4 semanas atrás . - por Rafael Guerra

Defensoria Pública pede croquis de organização dos locais de imunização em Macapá

O objetivo é entender como a Prefeitura de Macapá tem se organizado para evitar aglomerações nos dias de vacinação.

Defensoria Pública pede croquis de organização dos locais de imunização em Macapá

 

A Defensoria Pública do Estado do Amapá (DPE-AP) oficiou a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) para que esta apresente os croquis dos locais de vacinação e explique quais estratégias têm adotado para evitar aglomerações nos dias de aplicação.

Segundo a defensora pública Marcela Fardim, o pedido ocorreu após registros repetidos de aglomerações nos pontos de imunização.

“Não podemos deixar que o locais de vacinação se tornem, também, potenciais pontos de transmissão da doença”, explicou Fardim.

O ofício também cobra explicações quanto aos esforços do Executivo Municipal para garantia da segunda dose da CoronaVac dentro do intervalo máximo de 28 dias e recomenda que sejam divulgadas todas as informações sobre expectativa de chegada e estratégias de manejo para pessoas que, eventualmente, não finalizem o ciclo de imunização no período correto.