TODAS AS NOTÍCIAS

26 Mai de 2021, 2 semanas atrás . - por Rafael Guerra

Maio Laranja: Defensoria Pública participa de Webinário da Escola do Legislativo

O defensor público Igor Freire, que representará a DPE-AP, antecipou os assuntos para o programa Assembleia Notícias, da Rádio Assembleia.

Maio Laranja: Defensoria Pública participa de Webinário da Escola do Legislativo

 

O diretor da Escola Superior da Defensoria Pública do Amapá (Esudpe), defensor público Igor Freire, representará a instituição no webnário O Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento é nesta quarta-feira, 26, às 16h, pelo Zoom. As inscrições podem ser feitas no site da Assembleia Legislativa.

Freire antecipou para o programa Assembleia Notícias, da Rádio Assembleia, os assuntos que irá abordar no evento, como a necessidade do tratamento humanizado e interdisciplinar, para evitar a revitimização, e a atuação da Defensoria Pública nesse processo.

“A revitimização de uma criança ou adolescente que passou por situações de abuso podem causar danos tão graves quanto o próprio abuso, e precisamos estar atentos para garantir que a prioridade seja o acolhimento e bem-estar da vítima”, explicou.

O defensor público explicou que a vitimização primária é o próprio ato de abuso e/ou exploração, que já gera uma série de traumas e cicatrizes, emocionais ou físicas. A partir disso, existem dois estágios de revitimização.

A revitimização de segundo grau acontece quando, na busca por socorro, seja no hospital, na polícia, Defensoria Pública, Ministério Público ou Conselho Tutelar, não há o tratamento adequado, com profissionais qualificados, e a vítima é obrigada a reviver os traumas no momento do depoimento.

O terceiro grau da revitimização é o social, quando a vítima é desacreditada ou responsabilizada pelo abuso.

Também participam do evento a juíza Larissa Noronha, titular da Vara da Infância e da Juventude de Santana; promotora Klisiomar Lopes, titular da 2ª promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Macapá; deputada estadual Luciana Gurgel, diretora da Escola do Legislativo; Marciene Lobato, psicóloga da Vara da Infância e Juventude de Santana; e Rosiane Almeida, coordenadora da Escleg, como mediadora.