Defensoria Pública apresenta instituição à equipe de transição do governo do Amapá

Reunião mostrou balanço da atuação da DPE-AP e a importância do trabalho executado com a população.

Por Laura Machado
24 Nov de 2022, um ano atrás
Defensoria Pública apresenta instituição à equipe de transição do governo do Amapá

 

Nesta quarta-feira, 23, a Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP) apresentou o trabalho realizado na instituição aos membros da equipe de transição do Governo do Estado. Foram expostos números importantes, como o balanço de atendimentos nas sedes, mutirões e demais atividades feitas nos municípios do estado.

A história da Defensoria Pública no Amapá iniciou em 2019 e, desde então, é marcada de forma significativa através do atendimento e da prestação de serviço à população que precisa, esse também foi outro ponto apresentado durante a reunião.

O momento foi dividido em duas partes, a primeira etapa foi de responsabilidade da subdefensora pública-geral, Elena Rocha, que falou sobre a importância da atuação da DPE-AP no estado.

“A Defensoria atende, em sua maioria, pessoas hipervulneráveis que, por razão de fragilidade social, precisam da mão protetora do estado, isso inclui: mulheres em situação de violência, pessoas em situação de rua, com baixa renda e afins”, explicou.

A DPE-AP foi a primeira Defensoria Pública do Brasil a ter membros atuando em todos os municípios do estado, o que facilitou o acesso da população à Justiça. Na segunda parte da apresentação, o defensor público-geral, José Rodrigues, compartilhou os dados sobre a utilização dos recursos na instituição e como os financiamentos foram aplicados ao longo dos anos.

“Nossa instituição, mesmo com poucos recursos em comparação às demais, conseguiu fazer investimentos grandiosos, como a inauguração de sedes, aquisição de novos veículos e até a renovação do parque tecnológico. Se fizemos tudo isso em pouco tempo e ainda com baixo orçamento, imagine o que conseguiríamos fazer com mais recursos?”, questionou.

Também estiveram presentes o corregedor-geral Eduardo dos Anjos e o defensor auxiliar da corregedoria, Lauro Miyasato Junior.

 

Valores


A Defensoria Pública do Amapá é uma das mais reconhecidas em todo o Brasil e atua com a assistência jurídica gratuita à população.

A maioria das pessoas atendidas na DPE-AP, chegavam à instituição como último recurso. No entanto, com o fortalecimento dos trabalhos executados e a consolidação da garantia de direitos, esse cenário muda a cada dia, e a Defensoria Pública ganha a visão de um espaço democrático, que possibilita a resolução de processos de forma rápida e eficaz.

“Não tem preço conseguir ajudar uma criança a fazer um transplante, não tem preço atuar em processos que garantem mais dignidade às pessoas”, completou a subdefensora.