Dois dos principais peritos em balística forense do país estarão em Macapá para curso promovido pela DPE-AP

“Defesa em foco”, com Eliane Baruch e Daniel Soares, ocorrerá nos dias 27,28 e 29 de fevereiro.

Por Ingra Tadaiesky
19 Fev de 2024, 2 meses atrás
Dois dos principais peritos em balística forense do país estarão em Macapá para curso promovido pela DPE-AP

 

Com dois dos principais peritos em balística forense do Brasil, a Escola Superior da Defensoria Pública do Amapá (ESUDPE) realizará o curso “Defesa em foco” nos dias 27, 28 e 29 de fevereiro. Na modalidade presencial para defensoras e defensores públicos e agentes de segurança, a capacitação será estendida para demais interessados de maneira virtual, no canal da DPE-AP no YouTube.

A balística forense é uma área crucial na investigação de crimes, que ajuda a determinar a trajetória de projéteis e identificar armas de fogo envolvidas em incidentes. O objetivo do curso é ampliar o conhecimento nessa área para os profissionais do direito, além de promover uma compreensão mais profunda das evidências balísticas nos processos judiciais.

Segundo o defensor público e diretor da ESUDPE, Jefferson Teodósio, a ideia para a capacitação surgiu da necessidade de aprimorar os conhecimentos nessa área, já que não é uma disciplina amplamente abordada durante a faculdade ou nos estudos para o concurso de defensor público.

"O curso irá capacitar defensores públicos e assessores para interpretar processos envolvendo armas de fogo e disparos, facilitando a defesa dos nossos assistidos e compreendendo a dinâmica dos fatos para uma defesa processual eficaz", afirmou o defensor.

Com a carga horária de 20h, esse é o primeiro dos três módulos programados para o primeiro semestre de 2024. O segundo módulo, focado na prática, ocorrerá em abril, enquanto a data do último módulo, que envolverá análise de exames e laudos junto à Polícia Científica do Amapá, ainda está sendo definida.

Conheça os palestrantes

Eliane Baruch iniciará o evento, no dia 27, com sua aula sobre os Conceitos Básicos da Balística Forense e sua aplicação no contexto criminal.

Perita criminal da Polícia Científica do estado de São Paulo, Eliane é instrutora da Força Nacional de Segurança Pública, docente de Balística Forense no SENASP, uma das autoras da obra sobre Ciências Forenses e ex-diretora do Núcleo de Balística do Instituto de Criminalística de São Paulo.

Daniel Soares assumirá os dias 28 e 29, abordando os Locais de Crime: busca, identificação e coleta de vestígios de munições de armas de fogo.

Ele é perito oficial criminal de Mato Grosso, analista da Associação Internacional de Manchas de Sangue, professor da Academia de Peritos de Mato Grosso, instrutor de Armamento e Tiro e ex-Chefe de Operações da POLITEC de Mato Grosso na Copa do Mundo de 2014. Daniel também foi coordenador da Câmara Temática de Local de Crime de SESP de Mato Grosso.