Maio Laranja: DPE-AP adere à campanha contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Com o tema "Viva sem violência! Proteja-se!", campanha do Tribunal de Justiça foi lançada nesta segunda-feira, 9.

Por Jeanne Maciel
09 Mai de 2022, 2 semanas atrás
Maio Laranja: DPE-AP adere à campanha contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

 

A Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP) participou nesta segunda-feira, 9, da abertura oficial da campanha Maio Laranja, mês de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, promovida pelo Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP). A DPE-AP será uma das instituições parceiras da iniciativa. 

Com o tema "Viva sem violência! Proteja-se!", o objetivo é dar visibilidade para conscientizar e prevenir qualquer tipo de abuso, bem como orientar a proteção de crianças e adolescentes e ensiná-las a pedir ajuda.  

Para o defensor público-geral José Rodrigues, a campanha além de ser fundamental para a sociedade, “veio em muito boa hora”, disse. O DPG pontuou dados importantes durante a solenidade de abertura da campanha.  

“A Unicef e o Fórum Nacional de Segurança Pública divulgaram em outubro de 2021 uma pesquisa inédita que revelou o panorama da violência letal e sexual contra crianças e adolescentes do Brasil, os dados são alarmantes. Entre 2017 e 2020, foram 182 mil ocorrências de violência sexual contra crianças de 0 a 12 anos”, informou José.  

A subdefensora pública-geral, Elena Rocha, também esteve no evento. Segundo Elena, “a Defensoria Pública do Amapá estará à disposição para dar visibilidade ao Maio Laranja na capital e nos interiores”, disse.  

Durante o mês de maio, os municípios de Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Oiapoque e áreas ribeirinhas do arquipélago do Bailique receberão ações da campanha. 

No Dia Nacional do Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças, a defensora pública Rebeca Ramos, do núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente de Macapá, participará do WorkShop Maio Laranja em Santana. As ações no interior do Amapá também contarão com o apoio da Defensoria Pública do Amapá.  

A solenidade de abertura da campanha ocorreu na sede do TJAP sendo transmitida pelas redes sociais da instituição (Facebook e YouTube).